1. boaonda® + Planeta Atlântida!

    Publicado por boaonda em 2 de fevereiro de 2017

    Sabe quem vai curtir o Planeta Atlântida, festival de música que rola nos dias 3 e 4 de fevereiro litoral gaúcho, no maior conforto? O pessoal do Pretinho Básico! Que tal o modelo exclusivo que a boaonda® criou para a turma mais divertida da rádio brasileira?

    preitnho


  2. De alma lavada!

    Publicado por boaonda em 25 de janeiro de 2017

    Nos dias quentes, poucas sensações são mais intensas do que um banho de mar – de cachoeira, rio ou até mesmo lagoa – bem gelado, certo? Para acrescentar um pouco mais de emoção a um dos momentos mais aguardados do verão, a dica é aproveitar os esportes aquáticos e desfrutar de momentos de pura empolgação!

    Kite Surf

    kite

    De forma simples, a prática ada mais é que voar sobre a água puxado por uma espécie de pipa em grande velocidade. O kite surf ainda pode ser definido como uma mistura de surf e wakeboard – e está cada dia mais comum e grandes competições são realizadas por todo o litoral brasileiro.

    Acquaride

    acaque

    Já imaginou descer corredeiras sobre uma câmara de ar em alta velocidade? O nome do esporte tem origem inglesa e significa “cavalgar sobe as águas” – sem remos e utilizando somente as mãos! A atividade é praticada em uma espécie de colchão de ar em formato ovalado e com alças laterais.

    Standup Paddle

    Man on Stand Up Paddle Board

    O esporte – também chamado de SUP – é mais uma atividade aquática derivada do surf. Durante a prática, o atleta deve se equilibrar em pé em cima de prancha, enquanto usa um remo para se mover. Com mais e mais adeptos a cada dia, a modalidade permite uma série de manobras radicais.

    Wakeboard

    Wakeboard-Tequesquitengo

    Da mistura entre surf e snowboard, nasceu o esporte, que chama a atenção por unir velocidade e equilíbrio em um único pacote. O atleta fica sobre a prancha e é puxado por um barco enquanto realiza manobras radicais! A velocidade com que o praticante é puxado garante que ele seja projetado por mais de três metros de altura!

    Deixa molhar!

    oxyazulasfalto

    Andar nas pedras de uma cachoeira, subir e descer de embarcações e praticar esportes aquáticos se torna mais fácil e seguro com um calçado especial. Com superfície em PVC e solado antiderrapante, os modelos da boaonda® são perfeitos para acompanhar a rotina dos esportistas – sem contar que ainda conferem um toque extra de atitude aos atletas (amadores ou não)!


  3. Cola na minha!

    Publicado por boaonda em 2 de janeiro de 2017

    Com os anos 80 invadindo o universo fashion, a customização de roupas e calçados ganha todos os holofotes com a chegada dos dias quentes. Em sintonia com as ruas, elementos como pins, patches, bottons e até mesmo adesivos funcionam como uma espécie de truque para personalizar a produção. Além de ganhar espaço nas passarelas – em desfiles de marcas como Gucci e Dolce & Gabbana – a inspiração ainda caiu no gosto das celebridades, que adoram circular por aí com peças irreverentes. A moda é vista em todos os cantos, de jaquetas jeans cheias de cores até sapatos pra lá de marcantes! Entre os elementos que chamam a atenção, estão opções para todos os gostos: de desenhos divertidos até ícones hi-tech! De olho na referência – que tem tudo a ver com o verão, a boaonda® mostra novidades incríveis!

    bottons


  4. Olhar digital

    Publicado por boaonda em 18 de novembro de 2016

    pexels-photo-105254

    Dar uma ajeitadinha no enquadramento, melhorar a imagem com um filtro especial, adicionar uma moldura… Para facilitar a vida de quem não abre mão de registrar cada momento da rotina pela tela do aparelho celular, que tal aproveitar os infinitos recursos dos aplicativos de edição de fotografias? De maneira simples – e na maioria das vezes gratuitas – as ferramentas já caíram no gosto dos usuários e permitem um registro diferenciado de momentos inesquecíveis. Confira uma lista de dispositivos que fazem a diferença para o clique perfeito!

    Pixlr
    O aplicativo permite criar colagens de fotos com diversas opções de layouts, plano de fundo e espaçamento. Um dos destaques é uma ferramenta que permite que o usuário possa distribuir várias fotos em camadas para obter uma aparência única.

    Color Splash Free
    Que tal deixar suas fotos mais artísticas? Com rápidos comandos é possível criar imagens belíssimas que fundem cenários e objetos em preto e branco com outros coloridos. A interface é simples e as ferramentas permitem trabalhos incríveis!

    Skitch
    O aplicativo não é um editor convencional, já que permite que o usuário desenhe em cima das fotos – podendo ser utilizado tanto para brincar com as imagens, quanto para chamar atenção para um objeto ou detalhe específico.

    Aviary
    O Aviary é um dos editores de fotos mais baixados e elogiados da atualidade! O aplicativo é capaz de recortar imagens, adicionar filtros, inserir efeitos e o mais divertido: criar “memes” em cima dos cliques.

    Polamatic
    A ideia é resgatar a nostalgia das fotografias no estilo Polaroid? Neste aplicativo – lançado pela própria empresa de câmeras fotográficas – o usuário pode colocar as icônicas molduras nas imagens com a ajuda de 12 filtros diferentes.

    Photo Grid
    Para quem gosta de combinar fotos e fazer incríveis colagens fotográficas, o aplicativo é essencial. Com a ferramenta, é possível decorar fotos aplicando filtros, adicionando textos e ainda se divertir ao compartilhar através das redes sociais as suas incríveis criações.


  5. Combinação fitness

    Publicado por boaonda em 25 de outubro de 2016

    piloxing2

    Da mistura entre pilates, boxe e dança uma modalidade esportiva inusitada promete ganhar adeptos nesta estação quente: o piloxing. A modalidade, que já virou febre nos Estados Unidos, promete queimar de 400 a 900 calorias por aula em uma série de exercícios de alta intensidade. Em 45 minutos – sem intervalos – as aulas combinam os movimentos dos três exercícios, trabalhando a alta frequência cardíaca e o aumento da resistência de homens e mulheres. O aluno que aceitar o desafio deve ir às aulas descalço para ter mais agilidade de movimentos – além disso ainda é possível incorporar luvas de boxe ao treino para ajudar a tonificar os braços. A prática foi criada pela dançarina sueca Viveca Jensen, coach de celebridades como Hilary Duff e Vanessa Hudgens, e já está presente em mais de 40 países.


  6. Click!

    Publicado por boaonda em 28 de setembro de 2016

    Em um clima descontraído e embalado pelo poder da fotografia, a boaonda® celebra uma moda que tem tudo a ver com a temporada primavera/verão! Para conferir tudo o que rolou nos bastidores da campanha que mostra as novidades do período mais feliz do ano, é só apertar o play!


  7. Olha o passarinho!

    Publicado por boaonda em 15 de setembro de 2016

    foto

    Já é quase automático: cada vez que nos encantamos com uma cena ou queremos congelar um momento para sempre, apontamos uma câmera – sejam ela uma poderosa máquina fotográfica ou um simples aparelho celular. Pela lente, a sensação é de que as emoções serão congeladas na beleza de uma fração de segundos e que a possibilidade de revivê-las está apenas ao alcance dos olhos. Nos dias de hoje, quando a tecnologia é uma grande aliada quando o assunto é captar emoções, a fotografia é uma presença constante na rotina das pessoas. Afinal de contas, tudo vale um registro: um raio de sol pela janela, um encontro com os amigos, um belo prato de comida, o sorriso de quem se ama… Ao travar um instante e segurar o tempo nas mãos, cada detalhe se torna importante e um simples clique pode conter as sensações de uma vida inteira.

    Desde que o homem descobriu a possibilidade de captar os momentos, a história nunca mais seria a mesma. No final do século 18, vários inventores começaram a aparecer com ideias inovadoras para capturar imagens sem que fosse preciso utilizar a pintura.  O francês Joseph Nicephore Niepce foi, em 1793, uma das primeiras pessoas a conseguir “imprimir” a luz em uma superfície sem usar qualquer tipo de tinta, mas com um porém: as imagens desapareciam depois de um tempo. O cientista usava uma câmara obscura, parecida com o que conhecemos hoje por ‘pinhole’, e um tipo especial de papel com cloreto de prata. Somente em 1824 ele conseguiu encontrar um método que permitia uma maior fixação do registro e criou a primeira fotografia de duração indefinida da história – uma paisagem com qualidade baixíssima!

    Revolução visual

    Até as fotos se popularizem entre as pessoas comuns, ainda levou um tempo. A invenção de uma engenhoca chamada “daguerreótipo” – daquelas que vemos em filmes antigos com o fotógrafo com a cabeça coberta por um pano – permitiu que a nova tecnologia começasse a ser comercializada em escala. O resultado: nada menos do que início da era da fotografia no mundo! Alguns anos mais tarde, 1880, um novo visionário entra em cena – George Eastmann, o fundador da Kodak. Em poucos anos, sua empresa lançaria a sua primeira câmera fotográfica, que já vinha com um rolo de negativos, permitindo a captura de até 100 imagens! Um único problema: depois de usado, o equipamento não era mais útil. Na sequência, o empreendedor lançou peças mais modernas, além de cada vez menores e portáteis – uma realidade próxima do que conhecemos hoje como uma câmera fotográfica analógica!

    A fotografia colorida só se tornou realmente comercial e viável por volta de 1940 – quando outras marcas começaram a chegar ao novo mercado. Apesar da invenção revolucionária, a fotografia em preto e branco ainda foi majoritariamente usada até meados dos anos 60 devido aos altos preços dos filmes a cores. A partir dos anos 70, no entanto, a maior parte das fotografias tiradas já eram coloridas e o ato de captar imagens já não era mais uma tecnologia de elite — praticamente qualquer pessoa podia ter uma câmera em casa! Depois da chegada da cor, poucas mudanças foram tão importantes para a fotografia como o surgimento dos processos digitais. De forma revolucionária, de repente antigos processos eram deixados de lado – e sem deixar saudades! Com a evolução, foi apenas um pulo para que os aparelhos celulares passassem a ocupar o lugar das câmeras tradicionais! Afinal, quem vive sem uma “sefile”?


  8. boaonda® pelo mundo

    Publicado por boaonda em 7 de setembro de 2016

    Entre os dias 3 e 6 de setembro, a boaonda® marcou presença em mais uma edição da Micam, a maior feira de calçados do mundo! Direto de Milão, na Itália, confira o estande da marca, repleto de novidades incríveis para quem não abre mão de andar por aí cheio de conforto e estilo!


  9. Sabor tropical

    Publicado por boaonda em 28 de agosto de 2016

    camu

    Do coração da Amazônia para o copo dos adeptos de uma vida saudável, o camu camu tem tudo para ser a fruta desta temporada primavera/verão! Apesar de ainda pouco conhecido em todo o Brasil, o alimento é rico em aminoácidos, flavonoides e antocianinas – substâncias preventivas no processo anticancerígeno e de envelhecimento celular precoce. Além disso, o frutinho ainda conta quatro vezes mais concentração de vitamina C do que a acerola, por exemplo. Por conta do gosto levemente azedo, é geralmente consumido em cápsulas ou em forma de pó – misturado com outras frutas em sucos e sorvetes de sabor único. Em ambas as apresentações, as vitaminas da sua composição auxiliam no cuidado com os ossos, na redução do colesterol total, LDL e glicemia, diminuindo índices de gordura corporal.


  10. Deslizando pela cidade

    Publicado por boaonda em 15 de julho de 2016

    3095216157_2cd2b3aa7a_o

    Em total sintonia com o concreto das grandes cidades, andar de skate pelas ruas pode ser um exercício e tanto – seja para o corpo ou para a mente. Há alguns anos, a prática da modalidade começou a romper os muros dos guetos e deixou de ser exclusividade dos poucos que mergulhavam de corpo, alma e figurino no estilo adotado pelo mais urbano dos esportes. Pelas cidades do Brasil, é comum encontrar praticantes com os mais variados estilos de vida, entre homens e mulheres. Desta forma, as pistas públicas dos parques e praças foram invadidas, aos poucos, por quem não era da tribo – o que deixou a cena ainda mais divertida e cheia de atitude. A construção de pistas particulares, em locais fechados, ampliou o acesso e facilitou a prática, que ainda é vista como uma alternativa e tanto as tradicionais academias – sempre lotadas de gente e com músicas nas alturas.

    Com origem na Caifórnia, o esporte chegou ao país nos anos 60 e logo caiu no gosto dos surfistas locais – acostumados a manter o equilíbrio em cima de uma prancha e em busca de um pouco mais de adrenalina. O sucesso foi tão grande que, já na década seguinte, uma cena começava a se desenvolver com competições e circuitos construídos em várias cidades brasileiras. Aliás, o país tem tradição em exportar atletas de elite, a maioria com contratos milionários que ultrapassam o limite das pistas. O nome mais conhecido, sem dúvidas, é Bob Burnquist, carioca de 39 anos que ostenta o título de skatista mais premiado do mundo. Para se ter uma ideia de sua importância, somente nos “X Games”, evento esportivo considerado a Olimpíada dos esportes radicais, já conquistou mais de dez medalhas de ouro – cinco delas na megarrampa, estrutura com mais de 30 metros de altura.

    Para se divertir em meio a rotina atribulada ou realizar um exercício ao ar livre, uma coisa e certa: as grandes cidades estão cheias de skatistas amadores, a maioria admiradora do lifestyle que envolve o esporte. Sim, é impossível separar a prática da moda streetwear e da batida do hip hop. Com tanta popularidade, é natural que a onda tenha chamado a atenção da indústria fashion. No princípio restrita a algumas poucas marcas que fabricavam roupas, tênis e acessórios com inspiração na modalidade, a moda ganha espaço a cada dia e influencia os artigos de grifes como Prada, Gucci e Chanel. Além do asfalto das ruas, os praticantes do esporte ainda encontram um novo local para deslizar por aí: espaços descolados com pistas inspiradas nas chamadas “bowls californianas” – em formato de piscina com bordas altas e profundidade de mais de três metros de altura. Com jeito de balada, as casas chamam a atenção por oferecer atrações para toda a família – e com uma vibração especial.

    DSCN1773

    Os melhores picos

    São Paulo/SP
    Parque do Ibirapuera
    Praça Roosevelt
    Parque da Independência

    Rio de Janeiro/RJ
    Lagoa Rodrigo de Freitas
    Parque Madureira
    Praia do Arpoador

    Curitiba/PR
    Parque Barigui
    Parque São Lourenço

    Belo Horizonte/MG
    Parque das Mangabeiras
    Lagoa da Pampulha

    Porto Alegre/RS
    Parque Moinhos de Vento
    Parque Marinha do Brasil